Blog

Você certamente já teve a percepção de que o tempo voa, escorre pelas mãos, como diria o poeta. Essa sensação é mais intensa quando somos absorvidos pelas atividades do dia a dia ou quando deixamos nos consumir pelas distrações eletrônicas modernas. E claro, você sabe do que estou falando.
 
A verdade é que embora saibamos do caráter democrático do tempo: todos nós temos a mesma quantidade, não importa se você é rico ou pobre, velho ou jovem, sábio ou ignorante, a forma como usamos esse presente varia imensamente.
 
Como você usa o seu tempo?
O tempo é precioso, onde você o investe?
 
Estava lendo um estudo que afirmava que a duração média de vida de um ser humano é de 672.474 horas. Considerando que 1/3 desse tempo é dedicado ao sono, nos restam cerca de 448.316 horas. Desse montante desconte o tempo improdutivo, seja lá qual for o seu conceito de improdutividade que você tem. Para mim improdutivo é o que eu faço, mesmo não querendo fazer.
 
Na verdade, o que você deixa de fazer agora, nunca terá a chance de fazer de novo, esse tempo não volta.
 
Como você está vivendo a sua vida? No que você está investindo o seu presente?
Se você diz que algo é importante, que é uma prioridade para si mesmo, está dedicando a isso o tempo que merece?
 
Se você soubesse que só tem mais um ano de vida, o que continuaria fazendo, o que deixaria de fazer, o que começaria a fazer?
 
Toda vez que eu paro e me questiono a esse respeito, lembro da canção dos Titãs – Epitáfio:
 
Devia ter amado mais, Ter chorado mais, Ter visto o sol nascer, Devia ter arriscado mais e até errado mais...
Verdadeiramente, espero que essa não seja a trilha sonora da sua vida.
 
Não faz sentido ficar remoendo ou se sentindo mal em relação a aspectos da nossa vida que não podemos mudar. Então, não entre nessa.
 
Quando nos concentrarmos no que podemos aprender com nossos desafios e em como os utilizamos para agregar valor à nossa vida e à vida dos outros, podemos transformar qualquer adversidade em vantagem.
 
Vale a pena viver essa experiência! Comece por aceitar a total responsabilidade por sua vida e recuse-se a culpar outra pessoa. Um pensamento lindo a esse respeito li no livro de Hal Elrod, O milagre da Manhã.
 
“O grau em que você aceita responsabilidade por tudo em sua vida é precisamente o grau de poder pessoal que precisa para mudar ou criar qualquer coisa que queira”.
Responsabilidade não é o mesmo que culpa. Culpa determina quem está em falta por algo, responsabilidade determina quem está comprometido a melhorar as coisas.
 
Revise a sua semana e calcule, exatamente quanto tempo você dedicou às suas metas?
 
O que? Você não tem metas definidas? ALERTA... sinal amarelo, ou vermelho. PARE!!! Antes de continuar a ler, pense seriamente a esse respeito.
 
Quantas palavras novas aprendeu?
Quantas vezes você disse: “Eu te amo” para as pessoas amadas?
Quantos atos de gentileza e bondade você praticou?
Quantas vezes fez uma caminhada tranquila sozinho?
Quantas refeições saboreou?
Quantas vezes você demostrou gratidão?
 
Deixa eu te dizer uma coisa óbvia, ninguém conquista seus sonhos, ou uma vida feliz e realizada sem dedicar tempo a isso. Não é uma questão de sorte ou graça divina, depende das suas atitudes agora.
 
Muitas pessoas alegam a falta de tempo para desfrutar sua vida, até que um dia acordam e percebem que o tempo se foi e agora é tarde demais. Pense nisso, viva intensamente agora, esse é o único tempo que você tem!

Para você que está procurando emprego, o Instituto Eu Consigo preparou 5 dicas para que você não seja o candidato que repete clichês e frases vazias na entrevista.

É certo que um processo seletivo e principalmente a entrevista, desperta sentimentos difíceis de lidar, como a ansiedade na busca pela resposta certa ou a sensação de querer agradar o recrutador.

Isso pode ser bem prejudicial para você, é óbvio que a sua primeira preocupação deve ser impressionar o recrutador, mas te damos algumas dicas para evitar 5 errinhos que podem custar a sua contratação.

O Instituto Eu Consigo é uma organização sem fins lucrativos que visa auxiliar, através de assessorias e orientações gratuitas, pessoas desempregadas em busca de recolocação no mercado de trabalho. Considere fazer uma doação clicando aqui!


Entre em contato conosco pelo telefone (41) 4106-0202 ou pelo e-mail contato@euconsigo.org